Voltar

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Parceria entre o CRA-RJ e a PUC-Rio

O evento que celebrou a parceria entre o CRA-RJ e a PUC-Rio, no dia 27 de maio, no auditório da PUC-RIO – Barra da Tijuca iniciou-se com um delicioso café da manhã.
A palestrante Profª. Adm. Patrícia Tomei, presenteou os participantes com seu livro Cultura empreendedora: guia prático para seleção de empreendedores, da editora Office Book.
Foi uma manhã maravilhosa, onde foi aclarado todo o conteúdo do livro para que possamos entender que a cultura pode ser hierarquizada de várias maneiras e que os valores que alimentam esta hierarquização. Desta forma a autora nos remeteu ao entendimento que as pessoas se comportam de acordo com que elas valorizam. E este é um dos grandes desafios do gestor de hoje, olhar estrategicamente para a cultura organizacional.
A Comissão da Mulher Administradora esteve presente e aqui deixamos nossa indicação literária: TOMEI, Patricia Amélia, et al. Cultura empreendedora: guia prático para seleção de empreendedores. Rio de Janeiro, Office Book, 2008.

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Rhio Mulher 2009 - Como Elas Chegaram Lá!

O II Rhio Mulher 2009, realizado no dia 21/05/2009, foi um sucesso de público e de informação. Idealizada pela Proeduc, tendo como diretores Antoniel Bastos e Jorgeana Cardoso, o ciclo de palestras contou com pessoas de vários seguimentos e profissões.
A palestrante Elisabete Gomes falou sobre a paixão e o aperfeiçoamento no trabalho e disse que “mudanças devem ser vistas como oportunidades”.
Nêda Taconi diretora de RH da Tetto Habitação foi a próxima palestrante, trazendo o vídeo “Quem eu sou?”, mostrando a imagem de várias pessoas para alertar sobre o respeito as diferenças. Enfatizou que “tudo começa com uma escolha” e que “as ações devem ter um objetivo”
Após o almoço a empresa Caliper, veio com o tema “Momento decisivo na carreira”. Falou sobre os obstáculos para alcançar a liderança. E demonstrou através de pesquisas o crescimento da mulher no mercado de trabalho.
O palestrante Carlos Diz, com grande irreverência, falou sobre a liderança feminina e de sua reflexão sobre o “Homo Sapiens?” que pode ser lido no site http://www.ile-clc.com/reflexoes4.htm.
Claudia Freitas da Servitec foi quem fechou o ciclo de palestras com a seguinte frase: “Ambicione acerta 80% das vezes. A diferença entre 80% e 100% nem podem ser notadas pela maioria, mas podem roubar de você um tempo precioso”.
Vários patrocinadores se fizeram presentes e houve sorteio em um spa no Parador Maritacas, também teve a presença da Tokke – Gestão em Qualidade de Vida, que presenteou todas as participantes do Rhio Mulher com massagem de Shiatsu, que é uma prática de relaxamento, que proporciona o alívio das tensões e o combate de fadiga do dia-a-dia.
O próximo evento será o “Projeto Rhiorientar 2009 – Maturidade Profissional”, que será realizado no dia 27/05/2009, inscrevam-se já!!!

quinta-feira, 14 de maio de 2009

II Fórum da Mulher Administradora – CRA/RJ

No dia 13/03/2009, o Conselho Regional de Administração do Rio de Janeiro realizou, em parceria com o Forte de Copacabana o II Fórum da Mulher Administradora.

O evento foi uma iniciativa da Comissão da Mulher Administradora do CRA/RJ.

A TV CRC (Conselho Regional de Contabilidade) também esteve presente.

Confira! http://www.tvcrc.com.br/programas_interno.php?programa=15&video=75

sexta-feira, 8 de maio de 2009

II Fórum de Administração em Saúde CASS - CRA/RJ


No dia 13 de maio o Auditório do CRA/RJ vai recebeu o II Fórum de Administração em Saúde, uma realização da Comissão de Administração de Serviços de Saúde (CASS) do CRA/RJ, com inscrições gratuitas para Administradores registrados e quites com o CRA/RJ.


O tema: “Salvar Vidas – Hospitais seguros em situação de emergência”, com destacou a importância do investimento em infra-estruturas e a necessidade de capacitação dos profissionais de saúde para a Gestão do Ambiente Assistencial, com foco na segurança e satisfação do paciente.

O talk show foi coordenado pelo Adm. Pedro Paulo Leite (ENSP/Fiocruz), integrante da CASS - CRA/RJ, com a participação dos Administradores André Tadeu (INCA), coordenador adjunto CASS - CRA/RJ e Fátima Ribeiro, coordenadora geral da CASS - CRA/RJ.

Também teve a participação confirmada o Auditor Interno da Qualidade e membro do Grupo Facilitador da Acreditação Hospitalar do HSVP, Vanderlei Timbó, e a Integrante do Comitê de Acreditação do Instituto Nacional de Cardiologia - INC/MS, Bárbara Caldas.
_________________________________________________


Crítica - 14/05/2009


Durante o Fórum foram discutidos diversos assuntos da qualidade e melhoria na área de saúde, onde o Administrador é a peça fundamental para que o sistema hospitalar tenha mais sinergia em sua gestão.

A Dra. Martha Lima (Gerente da Qualidade e Responsável pela Coordenação do Processo de Acreditação Hospitalar do HSVP), foi participante do Talk Show e disse uma frase muito interessante: “Pessoas não são como peças e não podem, simplesmente, serem retiradas da Área de Produção e serem colocadas

na Área de Não-Conformes”. Ela também destacou a importância da utilização de indicadores como ferramentas da Qualidade Hospitalar.

A Dra. Bárbara Caldas (Integrante do Comitê de Acreditação do Instituto Nacional de Cardiologia –INC/MS),

ressaltou que ainda há algumas barreiras para a Qualidade Total nos hospitais, mas deve haver uma mobilização de todos os envolvidos para que isso aconteça.


Houve a apresentação do Grupo O+, com a peça Segurança e Satisfação do Paciente. Um grupo que está de parabéns e apresentou a realidade que os doentes e seus familiares passam nos atendimentos de quaisquer hospitais públicos do nosso país.


Ao final do Fórum percebemos que nos Administradores, somos responsáveis pela saúde da população brasileira e que esses encontros com Administradores e o Profissional da Área de Saúde é uma forma de debatermos tudo o que há de errado para melhoramos este tão importante lugar que é o hospital, onde vidas são salvas todos os dias.

VESTÍGIOS DE UMA VIDA

Meditando sobre a vida, veio à mente uma linda poesia de Cecília Meirelles, esse rosto de hoje, assim calmo, assim triste, assim magro, ..." e finaliza o seu belo poema perguntando: "Em que espelho ficou perdida a minha face?"

Esta pergunta soou para mim, naquele momento, como provocação, fazendo-me pensar, se além das marcas externas, o que mais teria sido registrado nos espelhos que já passaram pela minha existência.

Sem muita surpresa, vi no espelho o mesmo que a poetisa viu: " ... Um rosto assim calmo, assim triste, assim magro...", mas também percebi vestígios de outras emoções que matizaram a minha caminhada através da vida e, pude então, repassar fatos que deixaram marcas indeléveis em meu semblante: me vi assustada e medrosa frente ao primeiro dia de aula no curso primário; aterrorizada e surpresa com a primeira menstruação; vivi o vendaval de sentimentos do primeiro amor; o espanto e a doçura do primeiro beijo; a sensação de nulidade frente a primeira perda de um ente querido; o temor e a insegurança do primeiro emprego; a expectativa ansiosa do primeiro casamento; o doce medo da primeira noite; o indizível prazer dom primeiro orgasmo; a alegria e o medo da responsabilidade do primeiro filho; o amor incondicional e descompromisado do primeiro neto; o desconforto e a solidão dos primeiros sinais de velhice...

Agora, aqui estou perguntando, o que mais vai ser retratado nos espelhos que ainda passarão por mim?

Sinto que o medo da violência que nos assola e que também envolve o mundo contemporâneo, já está moldado em minha face, mas penso que seria prazeroso, contudo, deixar marcado em meu rosto indícios de uma vida que pulsa sem parar e vibra para que a maturidade seja algo tão edificante como qualquer outra fase dos muitos anos já vividos, e que este momento da existência possa ser uma soma das experiências, alimentando esperanças e utopias pois, sem elas os espelhos que nos retratam marcarão apenas solidão, o vácuo, o nada!!!

Adm. Circe de Abreu Barbosa - Rio de Janeiro - maio de 2007.